Fechamento - Abril/2022 - R$ 424 299,11 (-3,19% ou -R$13 991,15)

 Olá amigos,


Vamos para o fechamento de Abril/2022.


Minha reação ao ver a queda no patrimônio esse mês....


Finanças

O mês de abril foi bem difícil para a renda variável, com quedas fortes no preço de ações e FIIs. Somente o Tesouro Direto que fechou no positivo.
Voltei para o patamar de R$ 420 mil de patrimônio, com mais de R$ 10 mil de queda em relação à março/22.
Aportei R$ 6,7 mil, um pouco afetado por um gasto extraordinário que tive em abril e que vai se repetir em maio.


Visão mensal do resultado de 2022


Visão anual do resultado até 2022


No mês, recebi cerca de R$ 1,7 mil de proventos, superando o valor recebido em março/21, impactado por um novo ativo (fundo de investimento em infraestrutura (FI-Infra)) e um extra com aluguel de ações.
Ultrapassei a marca de R$ 1 mil em proventos de FIIs, um recorde histórico na minha carteira. Aportei mais em FIIs esse mês, além do FI-Infra.
Com a queda dos preços, consegui um dividend yield de 5,36% na minha carteira, considerando os últimos 12 meses. Com o aumento constante dos rendimentos, estou próximo de R$ 1,9 mil de média de proventos mensais, também considerando os últimos 12 meses.
Minha carteira fechou novamente com 89% em renda variável, sendo 57% em ações e 32% em FIIs. O restante está em Tesouro Direto e Fundos.


Visão geral dos proventos recebidos até 2022


Divisão atual do meu patrimônio por categoria


Fiquei um pouco abaixo dos 30% de FIIs de papel, e o maior setor continua em Logística.
Em ações, mesmo sem fazer novos aportes no setor elétrico, vem caindo menos que o restante e permanece com maior participação.


Divisão da minha carteira de FIIs por tipo


Divisão da minha carteira de FIIs por setor


Divisão da minha carteira de ações por setor


Educação

Ainda não terminei o curso on-line sobre projetos, devido ao ritmo intenso de trabalho.


Vida Profissional

Continuo trabalhando bastante, com 12 horas praticamente todos os dias e cobrança forte dos gerentes por resultados no projeto.


Saúde e Vida Pessoal

Fiz poucas caminhadas esse mês, e ainda estou ajudando com a cirurgia que comentei mês passado.


Leituras

Continuo a leitura do livro do Peter Lynch.


Conclusão

Queda na patrimônio e muito trabalho esse mês, mas com bom fluxo de proventos.


Sucesso,

Abraço

Comentários

  1. João,

    A carteira sofreu na rentabilidade, mas é bom saber que os proventos estão indo muito bem. O setor elétrico é bem estável, não dá grandes alegrias e nem grandes tristezas.

    Abraços,
    Pi

    ResponderExcluir
  2. Bom dia JD! Uma carteira bem equilibrada e quase um exemplo de diversificação. Parabéns! Estar tão exposto a renda variável gera essas grandes perdas quando o mercado recua, mas o inverso ocorre quando o mercado avança. Assim é uma questão de paciência... O que importa é que tradicionalmente no longo prazo uma carteira focada em RV tende a valorizar mais que o mercado. Enquanto não dá pra comemorar com o aumento do patrimônio, foque na renda que está avançando bem pelo que vejo! É muito bom ver a renda pingando já na conta "faça chuva/faça sol". Vamos que vamos...
    Grande abraço!
    VVI - vvibr.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. JD, abril foi realmente um mês sofrido pros patrimônios, mas tenho percebido que muitas empresas que estão apanhando nas cotações não tem o fundamento pra isso refletido nos resultados que estão sendo/foram liberados. Isso, ao meu ver, é um bom sinal pra nós que somos investidores de longo prazo.

    Abraço.
    https://engenheirotardio.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Fala, JD...

    É, cara... renda variável varia... rs

    daqui a 10 anos será apenas mais um mês de baixa nos nosso portfolios

    ResponderExcluir

Postar um comentário