Fechamento - Outubro/2022 - R$ 512 449,60 (+5,20% ou +R$ 25 310,54)

 Olá amigos,


Vamos para o fechamento de Outubro/2022.



Eu descontraindo com meus amigos (Roy Robins, Jerry Lee Lewis e Carl Perkins), apesar do resultado da eleição, ao fazer o fechamento do mês....


Finanças

Outubro foi mais volátil ainda, por causa das eleições, subindo bastante nos últimos dias do mês.
Recorde de patrimônio, ultrapassando a marca de R$ 510 mil, me lembrando que apesar de estar na metade do caminho para o primeiro milhão, é questão de tempo para atingir.
Razoável valor aportado no mês, com mais de R$ 7,5 mil investidos. No acumulado de aportes, passei dos R$ 95 mil no ano.




Visão mensal do resultado de 2022


Visão anual do resultado de 2022


Outubro foi melhor de proventos, com R$ 2 020,48 recebidos, quase o dobro do recebido em outubro/2021, vindos de Fundos Imobiliários (R$ 1 211,65), depois Ações (R$ 718,57) e FI-Infra (R$ 89,50). Na média dos últimos 12 meses, alcancei R$ 2 551,56 mensais, batendo a  minha meta de R$ 2 500, com um dividend yield anualizado de 6,29% da carteira inteira.

Aporte de R$ 7 575,22 no mês, reinvestindo os proventos recebidos.

Os aportes foram em FIIs, Tesouro Direto, Ações e FI-Infra.

Em Ações, comprei mais ações de locadora, pois caírem bastante.
Em FIIs, comprei mais cotas de um fundo de shopping que já estava na carteira, e mais dois novos fundos, um de papel e um de tijolo/renda urbana.
Em FI-Infra, comprei adicionei um novo fundo, totalizando 5 fundos diferentes na carteira.

Na divisão da carteira, Ações representam 54,3%, FIIs com 31,4% (caindo forte, mesmo aportando bem), Tesouro Direto com 12,5%, Fundos com 1,6% e ETFs com 0,2%.
Devo focar os aportes em FIIs e Fundos, incluindo um Fi-Agro na carteira.




Visão geral dos proventos


Divisão da minha carteira em agosto/2022


Em FIIs, fechei o mês com 29,37% em fundos de papel e 70,63% em fundos de tijolo. Os maiores setores são Logística (15,48%), Shoppings (15,27%) e Renda Urbana (14,10%)



Divisão da carteira de FIIs por tipo


Divisão da carteira de FIIs por setor



Nas ações, as maiores posições são em empresas elétricas (32,49%), Bancos (17,37%) e Seguros (16,83%).



Divisão da carteira de ações por setor


Educação e Leituras

Continuo com a minha estratégia de 30 minutos de leitura pela manhã
Terminei de ler dois livros esse mês.

O primeiro foi "Os segredos da mente milionária", que já estava na minha lista faz tempo. O texto tem um viés bem forte de desenvolvimento pessoal, o que não me agrada muito. Extraí algumas ideias, que já estou implantando no meu cotidiano (a principal é ser um bom recebedor, ou seja, saber receber um elogio ou presente). Pretendo ler novamente no ano que vem.

Depois, foi "Cultivando rendimentos", do Jean Tossetto. Uma coletânea de textos sobre investimento em longo prazo. Gostei do texto, principalmente dos capítulos sobre não forçar a barra para falar de investimentos (para não sermos os chatos fanáticos, que só sabem falar de investimentos), e sobre a "zona de arrebentação" (quando começamos a investir e caem poucos reais por mês em dividendos, é importante persistir).


Vida Profissional

Mês bem estressante, pois cobri férias de algumas pessoas do projeto, mas consegui dar conta do recado. Sessão de feedback com a gestora, com ótimo resultado, além de elogios do cliente.


Saúde e Vida Pessoal

Poucos exercícios, sem novidades.


Conclusão

Ótimo resultado de patrimônio no mês, que deve oscilar até o final do ano. Um mês positivo, já caminhando para o final do ano.
 

Sucesso,

Abraço



Comentários

  1. Eu não gosto de livros desse estilo, mas é principio reconhecer que esse livro "Cultivando Rendimentos" pelo menos trouxe a mensagem principal para enriquecer: persistência. O pessoal tá querendo acertar uma tacada e virar milionário quando na verdade é só questão de aportar todo mês e esperar o tempo passar.
    O negócio de não ficar falando de investimentos com colegas de trabalho e amigos é uma boa lição. Eu não falo de investimento com eles e vez ou outra aparece algum sabichão contando suas estratégias com R$ 500 na bolsa (na maioria das vezes envolvendo empresas ferradas), pelo menos a turminha do Bitcorno sumiu.

    Abraços,
    Pi

    ResponderExcluir
  2. Ótimo resultado JD! Como você disse, o caminho pra liberdade financeira é um caminho lento não "de um dia pro outro". Normalmente quem investe com ganância fica apenas girando em círculos em quanto quem foca no longo prazo vai caminhando de pouco em pouco pro resultado desejado. Grande abraço!

    ResponderExcluir

Postar um comentário